27/4/2021

Como gerar engajamento para Redes Sociais?

Uma das grandes dúvidas do Marketing atualmente é: como agradar um consumidor cada vez mais informado e exigente? Como trazer um conteúdo novo e que se destaque, levando em consideração que ele é bombardeado a todo momento com inúmeras informações, inclusive sobre o mesmo assunto que você está entregando? Esse post veio para te explicar um pouco sobre Engajamento e como conseguir gerá-lo.

Engajamento é a interação, o envolvimento e o relacionamento da marca com seu público. Você pode ver se está gerando engajamento através de métricas (tempo que a pessoa ficou no seu site, quantidade de vezes que o visitou), através de interações a partir de comentários em posts nas redes sociais ou em blogs, da probabilidade de uma pessoa realizar uma compra ou uma conversão no seu site, enfim, há várias formas de se medir o engajamento.

A importância do Engajamento

O engajamento mostra a sua afinidade com seu público. Quanto maior o engajamento, maior a sua proximidade com ele. Essa proximidade, por sua vez, mostra a relevância da sua marca. Quanto mais as pessoas comentam, compartilham as suas publicações, maior fica sua credibilidade entre elas. É dessa maneira que você sabe se sua estratégia de Marketing de Conteúdo está sendo eficaz.


Como gerar mais engajamento

Para gerar mais engajamento, é preciso pensar em certas estratégias. Veja abaixo algumas delas:

1. Construa uma Buyer Persona

Persona é um personagem fictício do seu consumidor ideal. Não dispense características. Coloque o máximo que conseguir, como: nome, ocupação/profissão, idade, sexo, onde trabalha/estuda, mídias sociais que utiliza, como consome informação, desafios, objetivos e como você pode ajudá-la. Essas são as características básicas para se construir uma Buyer Persona.

Ter uma Persona construída vai te ajudar a saber com quem você quer falar, qual o seu objetivo. Vai te ajudar a descobrir em que redes sociais eles estão, como eles se comunicam, com que linguagem e tom de voz. Falar "na mesma língua" do seu cliente vai te dar muito mais afinidade com ele. Saber quais são suas dores e seus objetivos vai te dar conteúdo para ter o que dizer a ele.

Lembrando que não vale adivinhar quem esses dados sobre sua persona ou seguir sua intuição. Para isso, você precisa de dados palpáveis, muita pesquisa será requerida. Você pode, por exemplo, oferecer um pequeno formulário para seu consumidor em troca de um singelo brinde.

É importante salientar, também, que é possível ter mais que uma persona, a depender do seu negócio.

2. Construa uma Branding Persona

Branding Persona é, também, um personagem fictício. Porém, dessa vez, da sua marca. Você vai colocar informações sobre: nome, sexo, idade, profissão, como consome informação, tom de voz, vocabulário e mídias sociais que consome.

Construir uma Branding Persona vai te ajudar a saber quem sua marca é e como ela vai se posicionar nas redes sociais, blogs, atendimento, etc. Saber a linguagem que será utilizada (mais formal ou informal), se vai usar emoji ou não nas redes sociais, gírias e vocabulário... É sobre, literalmente, personificar a sua empresa para que você saiba qual é a direção que vai seguir. Isso te ajudará a ser consistente.

3. Esteja PRESENTE nas redes sociais

Não é suficiente apenas ter contas nas principais redes sociais, mas, sim, estar presente de verdade. Postar com uma certa frequência, explorar todas as ferramentas da mídia social, mostrar que você não está ali "por obrigação". Mas, sim, porque você, realmente, quer manter um contato mais próximo com seu consumidor. Por isso, interaja com seu público: responda comentários, faça enquetes e use todas as ferramentas à sua disposição.

4. Crie conteúdo de valor para o seu público

Agora que você já conhece seu público, sabe seus objetivos, suas dores e como você pode ajudá-lo, explore isso. Seu seguidor nas redes sociais recebe, todo dia, uma enxurrada de informação. Inúmeras postagens, stories que nem consegue contar. Ele precisa lembrar da sua marca. Seu post precisa ser relevante para ele o suficiente a ponto de ele comentar, salvar e/ou compartilhá-lo. E como ser relevante? Crie conteúdos alinhados aos seus gostos, linguagem, dores e objetivos. Se eles gostam de minimalismo, crie artes minimalistas para sua timeline. Caso gostem de intimidade, crie uma legenda na qual sua marca fica mais próxima deles.

Fique por dentro

Cadastre seu e-mail abaixo e receba as melhores dicas de marketing

Obrigado por se cadastrar! Agora você ficará por dentro das melhores do mundo do Marketing Digital.
Ops! Parece que ocorreu um erro ao preencher o formulário.